A Bíblia e o Coração

A Bíblia é apresentada pelos profetas e pelos apóstolos, como sendo a genuína Palavra de Deus. O apóstolo Paulo a chamou de “Sagradas Letras” (2 Tm 3.15), e aconselhou o jovem pastor Timóteo a utilizá-la para o bem das pessoas que ele estava pastoreando, ao declarar que a Bíblia é útil “para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a educação na justiça” (2 Tm 3.16). A Bíbli foi soprada pelo Espírito Santo, que é o seu autor divino.

 Por outro lado, a Bíblia foi escrita para a leitura humana. Através das Escrituras Deus se revela de forma especial ao ser humano. O grande problema é que o homen natural odeia  a Palavra e não consegue entendê-la e aceitá-la. A Palavra é boa, mas o coração do homem é perversso e contrário à Palavra. O homem em sua loucura discorda da Palavra de Deus, menosprezando seus ricos ensinamentos e desconsiderando toda a revelação de Deus. O homem procura conquistar a sua própria salvação através dos seus esforços, de suas obras e  da falsidade, quando na realidade a Bíblia ensina que a salvação é dada ao homem gratuitamente: “Pela graça sois salvos” (Ef 2.8). O coração humano, devido a corrupção do pecado, não se achega à Palavra de Deus; ele a detesta. O homem é inimigo da Palavra.

 Como, então, pode o homem dar ouvidos a Bíblia? Por que alguns homens, que antes detestavam a mensagem da Bíblia, discordavam dela, agora a amam e a defendem, tendo plena certeza de que ela é a Palavra de Deus? Veja o que diz salmo 119.36 “INCLINA-ME O CORAÇÃO AOS TEUS TESTEMUNHOS”. O salmista roga a Deus que dê disposição no coração para a Palavra de Deus (testemunhos). Somente o Deus Soberano é capaz de romper a barreira que separa o coração corrupto do homem da Palavra de Deus. No salmo 119.18, o salmista suplica a Deus: “DESVENDA OS MEUS OLHOS PARA QUE EU CONTEMPLE AS MARAVILHAS DA TUA LEI”. É exatamente este o estado do homem natural diante da Palavra de Deus: Ele está com os olhos vendados por causa do pecado que lhe domina o coração. Só Deus pode operar a mudança no coração, inclinando-o para amar a Palavra e aceitá-la pela fé. Observe novamente: “Certa mulher, chamada Lídia, da cidade de Tiatira, vendedora de púrpura, temente a Deus, nos escutava; o Senhor lhe abriu o coração para atender às coisas que Paulo dizia” (At 16.14). Ora, para que Lídia pudesse dar atenção e entender a Palavra, Deus precisou ABRIR O SEU CORAÇÃO. A inimizade entre o homem e a Palavra de Deus só pode ser desfeita quando Deus age no coração humano. Ore como o salmista e rogue que Deus lhe incline o coração à Palavra!

Pr. Marcus Paixão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s