Anunciando a Cristo com Entusiasmo

O capitalismo é preciso e se apresenta cheio de alegria! As lojas espalhadas nos grandes centros estão cheias de cartazes em suas vidraças anunciando as grandes promoções do dia. Os comerciais da TV são campeões em criatividade e ainda existem aqueles vendedores da televisão que falam com tanto entusiasmo de um certo produto, que nós acabamos por comprar a mercadoria.
 

Por outro lado, também tenho visto uma proliferação do erro. Muitas pessoas tem se dedicado a entrega de folhetos anunciando o trabalho de cartomantes e feiticeiros, de pessoas que tem contato com os mortos e outras tantas atividades e crenças que são claramente reprovadas pela Bíblia. Cresce o número de prostíbulos e a propaganda da pornografia tem ganhado força em filmes, novelas e nas bancas de revistas, colocadas ao lado dos gibis infantis.  Além disso tudo, todos os dias um exército de pessoas saem de casa em casa anunciando uma falsa mensagem sobre Jesus. Desfiguram a pessoa de Cristo, o evangelho, e tudo mais. Muitas pessoas tem crido nesse engodo e tem se tornado participantes do erro achando que estão servindo a Deus. O falso evangelho reune mais gente interessada em trabalhar em suas fileiras do que o autêntico. A mensagem deste falso Cristo é fácil e apreciada por todos os homens. Ele é aplaudido e as pessoas o seguem, pois ele nãe é exigente.

O que me impressiona em todos esses modelos é o entusiasmo com que estes grupos, seja o capitalista ou o religioso, abraçam a causa. Como eles são vigorosos em trabalhar na causa que eles defendem.

Enquanto tudo isso prolifera, o Evangelho, com sua poderosa mensagem de salvação, tem sido acorrentado pela preguiça e desânimo de mlhares de crentes em todo o mundo. A mensagem maravilhosa do bendito Filho de Deus não tem sido anunciada. E as vezes, quando se fala sobre Jesus, não se vê o entusiasmo devido. O salmista orientou acertadamente: “SERVI O SENHOR COM ALEGRIA” (Sl 100.2). Sem a demonstração verdadeira de uma alegria profundo em Deus, as pessoas não constatarão em nossa vida a presença de Cristo. É impossível que alguém que serve ao Deus de todo amor e misericórdia, viva em tristeza e sem ânimo de anunciá-lo alegremente. O salmista novamente ensina: “CANTEM DE JÚBILO E SE ALEGREM OS QUE TÊM PRAZER NA MINHA RETIDÃO” (SL 35.27). Precisamos ter prazer em Deus, então, poderemos proclamá-lo com alegria e entusiasmo.

Pr. Marcus Paixão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s